Expressão “mãe coruja” tem origem em fábula

   Por: Cleber Benvindo         

Filhote de coruja / Google Imagens
 

Você já deve ter conhecido ou ouvido falar em uma "mãe ou pai Coruja", a expressão indica uma mãe muito cuidadosa que não vê defeitos em seus filhos. Mas você sabe qual é a sua origem?

            O dia a dia está repleto de expressões e experiências literárias. Segundo o  livro A casa da Mãe Joana: A Origem das Palavras, Frases e Marcas de Reinaldo Pimenta (editora Elsevier, 2002) o “Corujismo” surgiu a partir da Fábula “A Águia e a Coruja” de La Fontaine.

            A Fábula diz que a Águia e a Coruja fizeram um pacto, sendo assim a Águia prometeu que não devoraria os filhotes da Coruja, para isso a ela descreveu a Águia seus filhotes como os de “maior beleza, elegância e sedução entre os bichos de pena que há na terra”.

            Como resultado em um de seus voos, a Águia faz dos monstrengos a sua refeição. Quando a Coruja reclama, a Águia só tem a acusar o erro da mãe, que não fez um retrato coerente de seus filhotes.

Postagens mais visitadas deste blog

O milagre de Maria

Dica de livro: No país das sombras longas

Você sabe a diferença entre a poesia e o poema?